O seu punho dói? Aprenda aqui sobre algumas das lesões mais comuns associadas a dores no punho

12 de maio de 2017

O seu punho é, possivelmente, a articulação mais importante de todas nas atividades cotidianas e profissionais que você desempenha. Por essa razão, as nossas mãos e punhos estão expostos a grandes riscos de lesão, tais como cair sobre o braço estendido ou o uso excessivo crônico devido à ocupação ou atividades físicas, que podem levar ao desgaste e rompimento dolorosos ao longo do tempo

  • Fraturas

    Por exemplo, quando você cai sobre o seu antebraço ou punho, você pode ter uma fratura radial distal. Nesse caso, a dor persistente e o deslocamento do punho são sintomas típicos e radiografias poderão confirmar o diagnóstico. Se a dor persistir no local, mas não houver uma fratura radial, o problema poderá ser uma fratura do escafoide e, nesse caso, você deve procurar um especialista para realizar radiografias do punho em várias posições. Portanto, se você tiver qualquer um desses sintomas, você deverá procurar imediatamente a assistência de um médico para saber qual tipo de fratura o seu punho sofreu.


  • Osteoartrite

    Se você frequentemente tem inchaço, dores difusas e não localizadas no punho, você pode ter osteoartrite. A causa comum é o uso excessivo e tensão, fraturas, como fratura radial, ou deslocamento e mal posicionamento dos ossos do carpo. Nesse caso, tratamentos conservadores são indicados na fase inicial, tais como repouso e imobilização. Nessa fase, os suportes de punho ou mão que cobrem o punho e limitam os seus movimentos ou evitam movimentos extremos do punho são uma parte essencial da terapia.

    Se essas medidas já não proporcionam alívio, então, vários procedimentos cirúrgicos para a mão ou terapia são recomendados.


  • Síndrome do túnel do carpo

    Ao ter parestesia dolorosa nos dedos da mão (formigamento), principalmente à noite, você pode ter síndrome do túnel do carpo. Na maioria das vezes, a causa é a genética, mas o inchaço no túnel devido a doenças reumatoides, hematomas ou gravidez também pode danificar o nervo. Nesse caso, você deve ir a um médico para que ele faça algumas radiografias, a fim de descartar estreitamento causado por alterações nos ossos.

    Um exame neurológico deve ser realizado para confirmar que os sintomas não estão vindo da coluna cervical. Geralmente, talas para imobilizar o punho e a mão podem aliviar a dor. Essa opção é especialmente recomendada durante a gravidez, porque os sintomas geralmente desaparecem após o parto.


  • Portanto, caso você tenha qualquer uma dessas lesões no punho na fase de recuperação, o seu médico irá recomendar o uso de um suporte de punho. Nós recomendamos os suportes de punho FUTURO, com um estabilizador ou tala no lado flexor que cubra toda a articulação, a fim de imobilizá-lo ou impedir o movimento extremo. Além disso, eles têm a capacidade de se ajustar ao punho, são feitos de um material elástico que exerce leve compressão sobre as partes afetadas e doloridas da articulação, e são uma fonte de calor.

    Observação: não coloque um suporte para articulações FUTURO em uma articulação recém lesionada antes de consultar um médico.

    Artigo desenvolvido em colaboração com um painel de médicos especializados e terapeutas.

Ligue: 0800-013-2333 Ligue: 0800-013-2333 FAQs
Outros Sites 3M
Onde Comprar
Siga FUTURO®
FUTURO is a trademark of 3M.
Mudar localização
Brasil - Português